Amarelo

de Catarina Requeijo Categoria: Teatro | Público: crianças dos 3 aos 6 anos

Sinopse

Numa pequena ilha onde só se gosta do Amarelo, uma atriz dá vida a um Amarelo teimoso, obstinado, divertido e muito pouco falador, usando um registo clownesco e absurdo que está próximo da forma descomprometida como as crianças olham para o mundo.

Este espetáculo é um retrato do que acontece quando só gostamos daquilo que conhecemos.
O que não é necessariamente mau. 

Info

Para mais informações sobre este projeto, por favor contactar:

Amarelo: Catarina Requeijo (catarinarequeijo@yahoo.com.br)

 

Em 2009, ao assistir ao espetáculo RUBRO, de Marta Bernardes e Ignácio Martinez de Salazar, uma criança manifestou à atriz a sua preferência pelo amarelo. Na sequência disso, surgiu o convite por parte do Projeto Educativo do Teatro Maria Matos, para eu construir um espetáculo a partir dessa cor.

O meu interesse pelo amarelo tinha já surgido, de forma indireta, através do meu filho que desde muito pequeno se apaixonou por esta cor. Passei a olhar o amarelo com menos desconfiança e resolvi, por isso, dar-lhe uma oportunidade.

O registo cómico ou mais humorístico surgiu sem determinação prévia mas sim por imposição do próprio Amarelo. Decidi aceitá-lo, porque acredito que o sentido de humor é um ótimo alimento para a inteligência e que o raciocínio absurdo é pouco explorado com as crianças.

Estreou no Teatro Maria Matos em Março de 2011,e foi posteriormente apresentado em Guimarães, Viseu, Lourinhã, Portimão, Palmela, Sesimbra, Estremoz, Vila Viçosa, Guarda, entre outras cidades. 

----------

Yellow / Jaune

by | auteurs : Catarina Requeijo

Category: Theatre | Catégorie: Théâtre

Target audience: 3 to 6 years | Tranche d’âge : de 3 à 6 ans

 

In a small island where everyone’s favourite colour is yellow, an actress gives life to a stubborn, obsessive, fun and not very chatty yellow, through a clownish and absurd performance.
Sur une petite île où l’on n’aime que le Jaune, une actrice incarne un Jaune têtu, obstiné, drôle et très peu bavard, usant des ressorts d’un jeu clownesque et absurde.

 

Performance | Interprète : Catarina Requeijo

Coproduction Truta, Maria Matos Teatro Municipal, Centro Cultural Vila Flor, Guimarães (2011)

 

Imagens Promocionais

Vídeos Promocionais

Ficha Artística

Criação Catarina Requeijo

Ideia original Francisco Moreira

Interpretação Catarina Requeijo

Conceção plástica Maria João Castelo

Desenho de luz José Álvaro Correia

Assistência de encenação Inês Barahona

Apoio à sonoplastia Sérgio Milhano

Execução de guarda-roupa Teresa Louro

Coprodução Truta, Maria Matos Teatro Municipal e Centro Cultural Vila Flor 


duração 35 min.

lotação 50 pax

Stage One produção executiva e difusão