Peixe Lua

de Fernando Mota Categoria: Teatro + Música | Público: Maiores de 6 anos

Sinopse

Para onde vai tudo aquilo que imaginamos?

Voa para trás dos frigoríficos
Encaixa-se atrás de um tijolo solto
Enfia-se misteriosamente dentro de uma garrafa vazia
É levado pelo vento até ao cais e apanha boleia de um navio cruzeiro
Descansa dentro dos relógios dos Avós

Passeia dentro dos livros de receitas culinárias
Agarra-se às copas das àrvores no Outono
Para onde quer que vá, há uma coisa espantosa que acontece.

As coisas que imaginamos juntam-se magneticamente às coisas que os outros imaginam e vão–se unindo devagar, formando uma bola imensa que rebola pelo mundo e fica a boiar na superfície dos oceanos, onde conversa longamente com o único ser que a entende, com a sua linguagem estranha e sonhadora...

O Peixe Lua. 

Info

Para mais informações sobre este projeto, por favor contactar:

Peixe Lua: Fernando Mota (tubofone@gmail.com)

 

Na sequência de NANA NANA | poema vocal com novelos de lã, uma performance plástico-sonora para bebés, Carla Galvão e Fernando Mota partem agora para mais uma viagem musical e cénica, desta vez dedicada a pessoas com mais de 6 anos.

PEIXE LUA explora música vocal de diversas épocas e geografias, desde um fragmento de um coro grego da Oresteia de Eurípides a peças de música contemporânea, passando por temas tradicionais ou por uma polifonia francesa do séc. XVIII. Uma expedição por recantos do mundo onde podemos observar o céu e quase tocar a Lua mas sempre em busca de algo, de um ser fantástico e fascinante que pode estar muito perto ou pode mesmo ser um sítio dentro de nós...

PEIXE LUA avança no tempo e no espaço como um ritual atemporal, um canto universal, uma constelação tão familiar quanto bizarra. 

 ----------

Ocean Sunfish / Poisson Lune

by | auteurs: de Carla Galvão, Fernando Mota

Category: Theatre / Music | Catégorie Théâtre/musique

Target audience: over 6-years old | Tranche d’âge à partir de 6 ans

An expedition through corners of the world where we can see the sky and almost touch the moon always in search of something, of a fantastic and fascinating being that may be standing too close or may even be a place within us.

Une expédition dans des recoins du monde où l’on peut observer le ciel et presque décrocher la Lune, toujours en quête de quelque chose, d’un être fantastique et fascinant qui finalement pourrait bien être déjà là, tout près de nous, ou peut-être même en nous.

 

Conception and performance | Conception et interprétation Carla Galvão, Fernando Mota

Coproduction Culturgest (2013)

 

Imagens Promocionais

Vídeos Promocionais

Ficha Artística

Conceção e interpretação Carla Galvão e Fernando Mota

Realização plástica Marco Fonseca

Coprodução Culturgest - Serviço Educativo (2013) 


duração
35 min.

lotação 50 pax

Stage One